Buscar no site

Investigação Sobre o Entendimento Humano - Volume 25
12850

Investigação Sobre o Entendimento Humano - Volume 25
12850

Formas de pagamento

Disponibilidade

Produto IndisponívelPrazo de entrega válido para pedidos feitos até as 22h00 com cartão de crédito e aprovado na primeira tentativa.

Descrição


Na obra Investigação Sobre o Entendimento Humano, escrita em 1748, a primeira preocupação do escocês David Hume (1711-1776) é a investigação em torno das ideias. Como um empirista chega a esta conclusão: tudo o que contém nossa mente são percepções. O grau de intensidade com que estas percepções se manifestam em nossa mente estabelece uma distinção: as percepções poderão ser impressões e ideias.As impressões, percepções básicas, são captadas imediatamente e a elas pertencem as sensações, as emoções e as paixões. As ideias, por sua vez, são cópias ou representações desvaídas das impressões da mente, e guardam certa semelhança com as impressões, pois na realidade vêm a ser imagens mentais geradas pelas mesmas.

A obra do filósofo e historiador Hume exerceu grande influência nos iluministas franceses e alemães. Basta recordar a dívida que Kant diz ter contraído com o ceticismo de Hume, no que identificou o famoso “acordar do sonho dogmático”. Entretanto, sua influência decaiu por causa das críticas de superficialidade que a filosofia romântica fazia contra o empirismo. Mas seguiu muito viva na Inglaterra e exerceu bastante influência nos Estados Unidos. A verdadeira aceitação histórica de Hume, no entanto, começou no final do século XIX.


Confira!

Especificações

Especificações Gerais

Páginas204

Avaliações